20 de maio de 2011

Magoando os filhos sem querer



As pessoas que mais amamos são, na maioria dos casos as que mais nos decepcionam. Dou como exemplo os nossos pais. Eles nos conhecem mais do que ninguém, sabem quando estamos tristes ou felizes, e até desconfiam do nosso modo estranho de agir. Mas é por saber de tudo que muitas vezes eles têm grandes dificuldades de expressar tamanho afeto pelos seus filhos. Todo pai que se preze tem amor ao seu descendente, pois no processo de convivência esse sentimento brota naturalmente ao longo da vida e a cada passo da criação. Porém a dificuldade para colocar o sentimento pra fora é tanta, que em muitas das vezes por não saberem utilizar razoávelmente as palavras corretas, eles acabam nos magoando sem perceber. Só quem sente sabe, mas é necessário ter paciência com essas pessoas que cuidam tão bem de nós, pois  por mais que elas nos magoem sem pensar ou querer de vez em quando, elas sempre serão as únicas que estarão do nosso lado para nos apoiar e nos ajudar sempre.


E um conselho:

Se sua mãe ou seu pai andaram lhe machucando verbalmente, ponha as cartas na mesa porque a melhor saída é sempre o diálogo. E se seus pais forem jogo duros demais para entender realmente o que você quer falar, explique por atitudes. Atitudes são sempre a maneira mas clara de demonstrar aquilo que palavras jamais descreverão. E nada de brigas, ou discussões, isso certamente, não o leva a lugar algum. Mostre pra eles que você é diferente e sabe demonstrar e retribuir todo amor e carinho. Assim a relação de vocês ficará mais tranqüila e aberta para cada um expor aquilo que acha ou não correto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário