13 de junho de 2011

Falsas impressões



Às vezes tenho a impressão de que esse sentimento está se desgastando nas mãos do tempo, que o vento está soprando rápido demais acima dele, e que nada parece suficientemente claro para impedir tais abalos. Não quero e nem desejo jamais que essa fogueira apague, que essa árvore desabe, e que esse amor de desestruture e se torne águas passadas. 

Mas, se isso for o caso e um dia tiver mesmo que acontecer, que estejamos prontos. Prontos para nos darmos novamente por completo, como sempre costumávamos fazer. Que estejamos prontos, não para um novo amor, e sim para uma segunda chance ao nosso coração, caso nosso barco se perca dentre a tempestade, e esteja próximo de naufragar.

Joyce Gabriella Barros

08/06/2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário