3 de agosto de 2011

Se faz sofrer, não é amor


"Se faz chorar, é solidão. Se te ignora, é pura carência. Se amarga, não é romantismo. Se odeia, não faz feliz. Se brinca, não quer por perto. Se machuca, não conhece. Se engana, não sente nada. Se faz sofrer, não é amor."

Nenhum comentário:

Postar um comentário