24 de outubro de 2011

O que se passa lá dentro, é outra coisa

foto: Weheartit
Muitas vezes, e por mim mesma, eu sou forte o suficiente para aguentar e até esquecer. Mas em outras, eu vou fingindo, e vou levando, vou procurando uma série de soluções capazes de fazer com que eu seja eu mesma, sem manter aquela velha máscara de sempre. Por muitas vezes eu tentei segurar a dor, a mágoa de não estar como gostaria, e acabo buscando como última saída "tentar" parecer forte o bastante para suportar.


foto: Facebook
Mas meu eu interior faz disso impossível, pois eu sempre ouço uma voz me chamando dizendo que isso nunca é a opção mais correta. E eu não posso controlar, toda vez que você me ver sonora e de rosto calado, turbilhões de pensamentos clamam minha mente exigindo que eu coloque pra fora, de verdade, aquilo que está engasgado a muito tempo, e que por medo, nunca fui totalmente capaz de demostrar.

Joyce Gabriella Barros

Nenhum comentário:

Postar um comentário