3 de dezembro de 2011

Top six: Livros que eu gostaria de ler em 2012

Sinceramente, se for para contar a quantidade de livros que li esse ano, me perderia... porque não li praticamente nenhum. Ano que vem eu quero fazer diferente. Em 2012 eu desejo ler muito, não apenas para "tonificar o hábito", mas também para conhecer novas situações e ampliar esses conhecimentos. Exatamente por isso, o Top Six da semana é inspirado em livros que eu gostaria de ler ao longo do ano. Não é uma promessa, mas sim uma grande vontade. Vou fazer de tudo! Veja:


1. Desculpa se te chamo de amor (Frederico Moccia) - 2009


Sinopse: Niki é uma bela garota, é divertida, é inteligente. Tem 17 anos. Alex é um "garoto" de quase 37. Separou-se há pouco, e sem uma razão clara, de sua noiva. Publicitário com grandes responsabilidades vê-se em crise no trabalho. Os dois se cruzam casualmente num pequeno acidente de trânsito. Niki gosta de Alex, Alex acha Niki divertida. A relação fica cada vez mais intensa. Não querem deixar a diferença de idade atrapalhar... O mundo dos adolescentes se choca com o dos adultos. Mas a vida dos dois nunca mais será a mesma. Este romance é a vontade de reencontrar a própria liberdade, a vontade de ter sentimentos verdadeiros, de amar sem convenções e sem muitos porquês. É o cotidiano, mas também o sonho.

2. Obrigado por existir (Bradley Trevor Greive) - 2011


Sinopse: Quantas vezes você já se arrependeu por não ter agradecido adequadamente às pessoas importantes da sua vida? Pode ser um amigo, um parente ou seu grande amor - sempre existe alguém que torna sua existência mais divertida. Misturando curiosas fotos de animais com um texto bem-humorado, Obrigado por Existir: Uma Declaração de Amor e Amizade para Alguém Especial é uma ótima maneira de finalmente dizer a essas pessoas quanto elas são especiais.

3. A mulher e Seus segredos (Luiz Cuschnir) - 2007


Sinopse: O autor, dr. Luiz Cuschnir, nos conduz a uma viagem pelo continente "mulher" e mostra toda sua complexidade, riqueza e, ao mesmo tempo, simplicidade. Em linguagem clara e direta, aborda o comportamento da mulher atual, suas motivações, seus desejos, suas decepções. A suportar tudo isso, há a experiência do psicoterapeuta que estuda a "alma" da mulher de maneira criteriosa e científica - mas apaixonada, também - , em convivência diária, ao longo de anos de trabalho, com suas pacientes e as mulheres de sua vida.As revelações são certamente surpreendentes para as próprias mulheres. O autor mostra os aspectos "fortes" e "frágeis" da mulher, e indica como ela pode se conhecer melhor e como atuar para ser mais feliz em seus relacionamentos, tanto familiares como amorosos.


4. Trapaça (James Siegel) - 2011


Sinopse: O jornalista Tom Valle teve sua promissora carreira destruída quando veio à tona que suas reportagens não passavam de invencionices. O único lugar que lhe dá emprego é o jornal local da pequena cidade de Littleton. Ao fazer uma reportagem, uma mulher centenária afirma ter visto e conversado com seu filho morto. Logo depois, um acidente numa estrada tira a vida de um motorista. Tom percebe uma misteriosa conexão entre os dois eventos, que parece apontar para um segredo muito bem guardado.

5. A vida sabe o que faz (Zíbia Gasparetto) - 2011




Sinopse: Isabel já pretendia se casar com Gilberto quando foi surpreendida: Carlos, seu ex-noivo, que foi lutar na Itália e dado como morto, voltou depois de cinco anos, cheio de amor e cobrando o compromisso. Mas Isabel não quis. Carlos sofreu e se revoltou, contudo não desistiu. Inconformado com a nova realidade, utilizou a raiva para recuperar todos os anos que a guerra havia roubado de sua juventude. No decorrer de A Vida Sabe o Que Faz - uma história apaixonante, que se passa entre Brasil e Itália logo após a segunda guerra mundial -, descobrimos que, dependendo das atitudes de cada um, tudo pode mudar, mas sempre, em todos os casos, a sabedoria da vida prevalece, sempre nos trazendo o melhor.



6. A última música ( Nicholas Sparks) - 2010


Sinopse: Aos dezessete anos, Verônica Miller, ou simplesmente Ronnie, vê sua vida virar de cabeça para baixo, quando seus pais se divorciam e seu pai decide ir para a praia de Wrightsville, na Carolina do Norte. Três anos depois, ela continua magoada e distante dos pais. Entretanto, sua mãe decide que seria melhor os filhos passarem as férias de verão com o pai na Carolina do Norte. O pai de Ronnie, ex-pianista, vive tranquilamente na cidade costeira, absorto na criação de uma obra de arte que será a peça central da igreja local. Ressentida e revoltada, Ronnie rejeita toda e qualquer tentativa de aproximação do pai e ameaça voltar para Nova York antes do verão acabar. É quando Ronnie conhece Will, o garoto mais popular da cidade, e conforme vai baixando a guarda, começa a apaixonar-se profundamente por ele, abrindo-se para uma nova experiência que lhe proporcionará uma imensa felicidade e dor jamais sentida.


E aí, vocês já leram alguns desses livros? Comente! Será um prazer receber a sua opinião.

2 comentários:

  1. Eu nunca li nenhum desses livros, mas já ouvi falar de 2 deles. Nunca tinha ouvido falar do livro Trapaça, talvez porque ele seja recente, mas gostei bastante da sinopse. Vou procurar lê-lo o quanto antes!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pela visita, e procure lê-lo mesmo, ele parece ser muito bom...

    ResponderExcluir